Implementação da EIP na região das Américas é apresentado no maior evento dos Estados Unidos

Collaborating Across Borders (CAB) é a principal conferência sobre educação interprofissional (EIP) e prática colaborativa da América do Norte. O evento que acontece bianualmente tem como objetivo reunir educadores, pesquisadores, profissionais, estudantes e pacientes do Canadá e dos Estados Unidos para discutir questões essenciais sobre educação, prática, liderança e políticas de saúde com enfoque na interprofissionalidade.

A 7ª edição da Conferência, realizada de 20 a 23 de outubro, em Indianápolis, cidade que se tornou referência em pesquisas na área de ciências da saúde, organizada pela Universidade de Indiana, que teve como finalidade:

  • Compartilhar os conhecimentos mais recentes sobre EIP e prática colaborativa.
  • Discutir questões importantes relacionadas à EIP e à prática colaborativa, incluindo aspectos relacionados à política.
  • Estabelecer relações de colaboração para o avanço da EIP.

No evento foi apresentado uma sessão abordando a visão geral dos planos nacionais de EIP desenvolvidos em 19 países da América Latina e Caribe, durante 2017-2019, com o apoio da OPAS / OMS.

Durante a sessão foi apresentado o panorama das redes de educação interprofissional em saúde na América Latina e no Caribe: análise de implementação dos planos de EIP em 19 países, tendo como base o artigo publicado na revista Social Innovations Journal que foi orientado por John Gilbert (Professor Emérito, Universidade da Colúmbia Britânica, Canadá) e autoria de José Rodrigues Freire Filho, José Francisco Garcia Gutierrez, Silvia Helena De Bortoli Cassiani e Fernando Antônio Menezes da Silva.

Acesse aqui artigo: http://bit.ly/34NEu7x

Aspectos importantes discutidos durante a sessão foi o estabelecimento da Rede Regional de EIP das Américas (REIP) e o conjunto de 19 países que apresentaram planos de ação para a implementação da EIP. Os resultados gerais derivados da avaliação desses planos foram sistematizados em quatro dimensões: 1) atividades relacionadas à divulgação e pesquisa em EIP; 2) Formação docente para a EIP; 3) mecanismos de legislação; e 4) EIP em programas de educação permanente.

 

Figura: Atividades dos planos de EIP dos países de acordo com as dimensões da análise.

A sessão demonstrou os avanços que os países da América Latina e Caribe apresentam no tema da EIP, assim como destacou o papel de organizações internacionais (OPAS/OMS) para a articulação e colaboração com os países para incorporar abordagens inovadoras, como EIP e prática colaborativa interprofissional, direcionadas à transformação da educação das profissões da saúde.

O próximo CAB será realizado em Quebec, no Canadá, em 2021.