Secretaria Executiva

2018-2021

Cláudia Brandão Gonçalves Silva

 

Representante do Brasil como membro da Secretaria Executiva da REIP e responsável pelo desenvolvimento da capacidade organizacional e estrutura da REIP. Ela também é responsável pela formalização do tema Educação Interprofissional em Práticas Colaborativas em Saúde na política nacional de saúde do Brasil a partir do ano de 2016. Gestora e pesquisadora sobre o tema da Educação em Saúde, Claudia tem uma contribuição valiosa para a implementação do EIP e PC na Região das Américas. Ela é uma das fundadoras da REIP e tem apoiado o desenvolvimento do tema em conjunto com a OPAS / OMS. É membro da Rede Brasileira de Educação e Trabalho Interprofissional em Saúde (ReBETIS), membro do Conselho Consultivo da revista Cadernos do Cuidado e pesquisadora das mais recentes iniciativas para a implementação do Plano Nacional de EIP no Brasil.

Eduardo Tobar

Representante de Chile como membro da Secretaria Executiva da REIP. Tobar é diretor acadêmico Faculdade de Medicina Universidade de Chile e coordenador de equipe de EIP. Líder na produção de pesquisas em IPE no Chile, com o desenvolvimento e avaliação de ensino e aprendizagem de currículo interprofissional. Representante da REIP em diversos eventos sobre o tema da EIP na Região das Américas.

 

 

Larisa Ivón Carrera

Representante da Argentina como membro da Secretaria Executiva do REIP. Carreira é professora na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nacional do Litoral. Ela foi reitora da Universidade e trabalhou em ciências médicas e no desenvolvimento de estudos de pós-graduação e pesquisa sobre o IPE. Participou do Fórum Argentino de Faculdades de Medicina Pública e de iniciativas para o desenvolvimento do corpo docente do IPE. Carreira é uma das responsáveis pela criação de uma rede universitária de educação interprofissional, cujo objetivo principal é atuar em EIP nas universidades.

 

José Rodrigues Freire Filho

Consultor Internacional em Recursos Humanos em Saúde da Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde (OPAS/OMS). Doutor em Ciências com pesquisa sobre Educação Interprofissional em Saúde pela Universidade de São Paulo – Brasil, José apresenta função estratégica na condução da REIP, bem como no acompanhamento e monitoramento das ações para implementação da EIP & PC nos países da América Latina e Caribe, inclusive com investigações para avaliar o impacto que a abordagem apresenta na área de recursos humanos em saúde com potencial para melhorar o acesso universal à Saúde. Ele foi Consultor técnico do Departamento de Gestão da Educação na Saúde do Ministério da Saúde do Brasil e Apoiador Institucional da Diretoria de Desenvolvimento de Educação em Saúde do Ministério da Educação do Brasil. 

 

Sílvia Cassiani

Assessora regional de Enfermagem e técnicos em saúde da Organização Pan-americana de Saúde / Organização Mundial de Saúde (OPAS/OMS). Cassiani é doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo – Brasil, foi diretora da mesma instituição, com mestrado, doutorado e pós-doutorado, ela é uma das protagonistas pela implementação do tema da Educação Interprofissional e Práticas Colaborativas na Região das Américas. Ela lançou o tema, como prioridade na área de recursos humanos em saúde, no ano de 2016, e desde então vem trabalhando de forma intensa para que a abordagem possa contribuir para a melhoria da qualidade da assistência à saúde.  Membro de Conselho Universitário no Brasil. Consultora ad-hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo(FAPESP), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) do Brasil e com diversas experiência na área de Enfermagem, com ênfase no ensino de graduação de fundamentos de Enfermagem, Cassiani tem função estratégica na Educação e práticas colaborativas interprofissionais em saúde na Região das Américas.