Cuba: Educação Interprofissional presente na Universidade2020

Nos dias 10 a 13 de fevereiro aconteceu o 12º Congresso Internacional de Educação Superior - Universidade 2020, com o tema “Universidade e Desenvolvimento Sustentável: visão de Cuba”. A capital Havana sediou o evento com uma discussão sobre como a academia pode contribuir para a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O Congresso, concebido como área de encontro, diálogo e reflexão sobre o papel da universidade e a Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável, teve atividades com o objetivo de promover iniciativas espaciais de trabalho ou intercâmbio entre os participantes, a fim de tornar o espaço produtivo e tornar-se um terreno favorável para promover alianças, redes e projetos que favoreçam as melhores soluções para os problemas que afetam os países, a partir da marcada vocação social das instituições de ensino superior.

O evento foi organizado com base em plenárias, conferências, mesas redondas, colóquios, oficinas, painéis e sessões de pôsteres.

Durante o congresso foi realizado o Colóquio Educação Interprofissional (EIP), coordenado pela Dra. Olivia Ines Sanhueza Alvarado, Presidente da Associação Latino-Americana de Faculdades e Escolas de Enfermagem (Aladefe / UDUAL).

No colóquio, realizou-se uma sessão de painéis com a apresentação de projetos de EIP em Saúde na América Latina e no Caribe, em um espaço colaborativo de associações de enfermagem, odontologia e medicina.

Reconhecimento da importância da EIP para alcançar os ODS

Representantes de diferentes instituições apresentaram os avanços da EIP no âmbito das universidades com resultados positivos para alcançar os ODS.

Durante a sessão, a Dra. Patricia Jara Concha, da Universidade de Concepción, Chile, a Mestre Mercedes Pérez Etchetto, Reitora da Faculdade de Enfermagem da Universidade da República do Uruguai e representante do país na Rede Regional de Educação Interprofissional das Américas (REIP) e o Dr. Rogelio Cordero, presidente da Organização de Faculdades, Escolas e Departamentos Odontológicos (OFEDO / UDUAL) compartilharam suas experiências sobre o tema da EIP e como essa estratégia vem avançando nos países da região de Américas com a cooperação técnica da Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde (OPAS / OMS).

Os palestrantes afirmaram a importância da implementação da EIP para alcançar os ODS, por meio do estabelecimento de alianças e espaços de colaboração com as mais diferentes associações de profissionais de saúde.