Colóquio virtual latino-americano mostra a importância da Educação Interprofissional para a formação de técnicos em saúde

Nos dias 13 e 20 de agosto foi realizado o I Colóquio Latino-Americano de Educação Interprofissional e Formação de Técnicos em Saúde.

O evento, que seria realizado em maio na Colômbia, ocorreu de forma virtual, em duas sessões, em função da pandemia da COVID-19. O Colóquio, coordenado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem da Colômbia (SENA), por meio da Diretoria Setorial de Serviços de Saúde, e pela Secretaria Executiva da Rede Internacional de Educação de Técnicos em Saúde (RETS), contou com o apoio do Ministério da Saúde da Colômbia, da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/ OMS) e da Fundação Universitária da Área Andina (Areandina).

Com quase mil participantes de vários países da região, o evento teve os seguintes objetivos: socializar iniciativas da região da América Latina e Caribe em Educação Interprofissional (EIP); compartilhar conhecimentos e experiências de incorporação de técnicos em saúde na EIP; promover a implementação de planos EIP nacionais; e tornar visível e fortalecer a educação técnica no desenvolvimento da implementação dos planos nacionais de EIP.

O colóquio faz parte do Plano de Trabalho da Rede Internacional de Educação de Técnicos em Saúde (RETS) 2019-2022, que visa fortalecer o papel dos técnicos e tecnólogos nos planos nacionais de EIP para a região das Américas, incluindo a incorporação da abordagem interprofissional em programas educacionais e o reconhecimento de sua contribuição para a saúde.

Resultados: especialistas da região das Américas ressaltaram a relevância da EIP e o seu potencial para incorporação nos programas de formação de técnicos em saúde, além das experiências apresentadas que demonstraram os grandes desafios e também possibilidades para se investir na EIP como estratégia educacional na formação de técnicos em saúde.

Mais informações: http://www.rets.epsjv.fiocruz.br